Slide 01
Slide 02

Decisão do STF sobre lei da Ficha Limpa frusta os anseios da população

Decisão do STF sobre lei da Ficha Limpa frusta os anseios da população

"Infelizmente, o Supremo se ateve muito à técnica e não respondeu aos anseios da população. No entanto, a lei da Filha Limpa não foi considerada inconstitucional e isso já é um avanço no sentido da maturidade do nosso processo democrático", afirmou o diretor tesoureiro da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Espírito Santo (OAB-ES), Délio Prates, ao comentar a decisão do Supremo Tribunal Federal de (STF) de validar a lei do Ficha Limpa apenas para as próximas eleições.

O presidente da OAB Nacional, Ophir Cavalcante, também se manifestou a respeito da decisão, que, na sua opinião,"frustra a sociedade, que por meio de uma lei de iniciativa popular, referendada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apontou um novo caminho para a seleção de candidatos a cargos eletivos fundado no critério da moralidade e da ética".

Délio Prates, que também é secretário de Relações Institucionais da ONG Transparência Capixaba, ressaltou que mesmo com a decisão tomada pelo STF a lei surtiu efeito positivo, ao afastar do processo eleitoral políticos"ficha suja"."Soubemos que alguns deixaram de concorrer", afirmou.

Ophir Cavalcante considera que a decisão do STF não significa uma derrota já que a lei do Ficha Limpa será aplicada às próximas eleições. E acrescentou: "Independentemente da eficácia jurídica, a lei do Ficha Limpa foi importante do ponto de vista da conscientização do eleitor sobre o seu papel na escolha de candidatos. A discussão sobre a aplicabilidade da lei ajudou a banir do cenário eleitoral vários políticos que acumularam durante a vidauma extensa folha corrida de condenações judiciais e que zombavam da sociedade e da justiça com incontáveis recursos para impedir o trânsito em julgado de decisões condenatórias".

Olá, deixe seu comentário para Decisão do STF sobre lei da Ficha Limpa frusta os anseios da população

Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
Enviando Comentário Fechar :/